20/10
2014

“Maria-Fumaça” da Praça da Estação

Na parada do trem, lá está ela, no meio da praça, carregada de lembranças e histórias pra contar. Dizem por aí, que a trajetória de Governador Valadares é marcada por duas etapas: antes da ferrovia e depois da sua chegada à cidade. Com grande fortalecimento da economia e o comércio de toda região, a “maria-fumaça” marca o presente relembrando nosso passado.

Por volta do século XX, pelas linhas que ligam à capital mineira ao litoral do Espírito Santo, trilhavam as antigas locomotivas, que traziam na bagagem não só cargas e passageiros, mas sob os trilhos, progresso à Princesinha do Vale.

A Maria-Fumaça  é uma locomotiva de fabricação européia, provavelmente inglesa, do ano de 1.925, construída pela fábrica Filippe Carpenter. Alguns de seus itens tais como a fornalha e a caldeira, porém, foram fabricados em Dusseldorf, na Alemanha.

Como propriedade da Companhia Vale do Rio Doce, a Maria ornamenta a Praça João Paulo Pinheiro, conhecida popularmente como Praça da Estação desde a década de 60. Já nos anos 80 foi doada ao município sendo assim tombada como patrimônio cultural da cidade.

 

Comentários

Newsletter