01/06
2017

Faça do 12/06/2017 um dia inesquecível

Coração acelerado, mãos suando, sorriso fácil… O diagnóstico não resta dúvidas: é amor! Um mais um, conta simples, capaz de transformar uma pessoa. Dividir o mundo com alguém é, na verdade, multilicar-se. A quatro mãos (dadas).

Para elas, o futebol não será mais uma incógnita e, para eles, a moda começa a fazer um pouco de sentido. As prioridades são repensadas e ele (a) se encaixa perfeitamente em seus sonhos e planos.

A data mais romântica do ano está chegando. Faça desse 12 de junho um dia inesquecível. Comemore no conforto do Ibituruna Center Hotel.

Conheça aqui nossas suítes e reserve a que mais te agrada.

 
30/01
2017

Apaixonados por Valadares

Mais um ano comemora a Princesinha do Vale, apelido carinhoso que Governador Valadares recebeu por ser a maior cidade banhada pelo Rio Doce. Você já deve ter percebido neste blog que sempre destacamos o que há de melhor por aqui, não é mesmo? Mas além de pontos turísticos, eventos e as possibilidades que temos nas áreas do esporte, cultura e lazer, algo a mais faz com que os valadarenses sejam apaixonados por essa cidade. É difícil explicar o caso de amor entre população e município. Por isso recorremos a três valadarenses de naturalidade e coração que contaram ao nosso blog porque amam Valadares.

“”Governador Valadares é minha cidade natal, aqui comecei a tocar meu violão no colégio aos 8 anos de idade, me profissionalizei e fui feliz com o reconhecimento do público local que me tem imenso carinho, só tenho a agradecer. Não vou dizer que não temos problemas, claro que temos, mas são problemas da mesma ordem que teríamos em ouros lugares, portanto, aqui é meu lugar e não tenho o que reclamar de minha carreira musical, tenho um público fiel e não precisei cair no mal gosto musical pra sobreviver. E viva a boa música! O que me faz amar GV é como amar a mãe, incondicionalmente a gente ama, ainda mais quando se tem uma mãezona como nossa Princesinha do Vale, pena estar abandonada e descuidada, mas isso é outro assunto!” (Marcelo Tiradentes – Músico)
“Gosto do lugar que vivo, apesar das dificuldades que há em nossa comunidade, considerada como um território de alta vulnerabilidade social, com sérios problemas de infraestrutura. Aqui conheço boa parte dos moradores e tenho laços de amizades. Não sei dizer porque amo Valadares. Mas, quando fico fora, sinto falta da conversa com os amigos na rua, que se estende até altas horas, da molecada brincando, do vento que corre fresco e da vista da cidade que só o esse pedacinho de terra tem. Espero poder contribuir para que o Carapina, assim como toda Valadares, se torne um lugar cada dia melhor para viver” (Sérgio Souza – Advogado e um dos líderes da comunidade do Carapina)

“Não sei ao certo o que me fez ficar por aqui, em Governador Valadares. Deve ser a água do Rio Doce. Dizem que quem bebe dessa água cria raízes por aqui, mesmo não sendo nativo. E, como sou nativo, aumenta ainda mais esse poder. Pode ser também o calor, ou o magnetismo da Ibituruna, ou a facilidade de andar em ruas cujo traçado é quase exato. Talvez não seja nada disso, apenas o fato de ser eu uma pessoa que se acostumou à vida nada agitada que há por aqui. Mesmo assim, sou uma espécie de cidadão do mundo, faço trabalhos para gente do Rio, São Paulo, Florianópolis, Boston, Houston, Alpercata, Belo Horizonte e por aí vai…”(Tim Filho – Jornalista)

Um músico, um advogado e um jornalista. O que há de comum entre eles? Marcelo não apenas gosta de música, ele faz música. Sérgio, como líder comunitário, não apenas gosta de projetos sociais, ele participa ativamente de projetos sociais -mais especificamente na comunidade do Carapina. Tim não apenas gosta de jornalismo, ele faz jornalismo. E assim os três constroem, dia após dia, a aniversariante que completa hoje 79 anos. Parabéns, Valadares!

 
16/01
2015

Desvendando Valadares: voo livre

Você é daqueles que vive sonhando em voar? Aqui você pode realizar! Bem-vindo (a) à Governador Valadares, cidade mineira reconhecida por ser a capital mundial do voo livre, “título” que ganhou após ter sido palco de grandes campeonatos de paraglyder e asa delta.
 
Nosso cartão postal e principal atrativo turístico da cidade é considerado um dos melhores picos do Brasil para a prática do esporte. Com seus 1.123 metros de altura, a Ibituruna tem pouca influência de ventos, o que a torna ideal para decolagem.
 
Se você está com o check up em dia e tem certeza de que o coração está batendo bem, é hora de voar! Procure entrar em contato com um piloto experiente. Profissionais de confiança são capazes de quebrar o receio de muitos que ainda pensam que o esporte não é seguro (um mito!). Pablo Milholo, instrutor e dono da empresa GV Fly, garante que “é totalmente seguro, apesar do ‘tabu’ que as pessoas criam”.
 
“O voo duplo não exige nenhum treinamento. Já o sozinho, há mais responsabilidades e, por isso, é necessário treinar de 3 a 6 meses com aulas teóricas e práticas. Além de ensinarmos questões de segurança e a forma de manusear os equipamentos, estudamos a meteorologia também. No final do curso, os alunos ganham o título de piloto e um diploma como forma de autorização que vale para todo país e até fora”, afirma Pablo.
 
A paixão do atleta pelo esporte é tão grande, que já deixou de herança para o filho Eros Milholo. “Meu filho voa desde os quatro anos. Ele sempre esteve ao meu lado e desde pequeno vi que tinha interesse e muito mais que isso, gostava do que eu fazia. Hoje aos 13 anos mostra não tem medo de ir sozinho”, revela.
 

420444_3482357616339_1056395271_n

Fotos do voo do recorde 130km – Pablo e o amigo Fernando Piuí 26/02/12.


 

Sobre os campeonatos

 
O calor valadarense é um dos principais fatores que fazem da cidade palco de campeonatos nacionais e internacionais. As competições sempre acontecem no verão -entre os meses janeiro e março- porque a maioria dos lugares ideais para a prática do voo estão com o tempo nublado e muitas vezes chovendo nesta época. Mas para Pablo, o clima é só uma pontinha do que a cidade pode oferecer: “O povo é acolhedor e os valadarenses são bonitos. Os pilotos geralmente procuram mais do que voar, eles querem se divertir, ir à baladas e conhecer novas pessoas” , comenta.
 
Se divertir é o que queremos sempre e se o lugar contribui, melhor ainda. Com um, dois ou mais dias na cidade agora você já sabe que é possível sim desfrutar do que só Governador Valadares pode oferecer através do esporte. Se você está em Valadares, deixe o medo no hotel e vá experimentar essa sensação deliciosa que é voar!

 
04/12
2014

Desvendando Valadares: rapel e escalada

Ao falar sobre esportes radicais em Governador Valadares o que vem à sua cabeça? Se a resposta for “vôo livre”, até que você conhece nossa cidade, mas nem só de voar vivem os aventureiros daqui.
 
Valadares é uma cidade bastante rica para a prática de esportes de aventura na natureza. Mas não se arrisque sozinho. Aqui existem empresas que promovem este encontro entre você e a natureza, como a Friends Adventure. Há mais de 3 anos essa turma realiza eventos e leva grupos para praticar esportes radicais. “As atividades são bem planejadas e conta com a maior segurança para todos os envolvidos, inclusive para equipe”, explica o biólogo Philipe Zan, um dos sócios da Friends, ao lado dos educadores físicos Breno Coelho e Brunno Denadai (ambos registrados no CREF e CRBIO).
 
Para a prática do rapel, existem vários locais seguros pra sentir a adrenalina e, de quebra, apreciar uma bela paisagem. No pico da Ibituruna há dois pontos preferidos da Friends, o “Rapel da Santa”, que envolve um nível mais técnico e o “Rapel do Mirante”. Outra opção seria a cachoeira Véu da Noiva no distrito de Pontal, onde Zan afirma que “é possível praticar um rapel bem legal e gostoso em dias quentes”.
 
Para escalada, a cidade também oferece um grande potencial. O pico da Ibituruna, nosso cartão postal, é o destino mais procurado. Lá tem a Via do Ralf e a Via do Catão com aproximadamente 400m cada. Tem também o “Quintal do Seu Adonias”, um setor de vias esportivas e bolders – escalada de baixa altitude, ótimo para treinar; a comunidade do Brejaúba e, ainda, a Pedreira do bairro Belvedere, que possui várias vias de escalada e diversos níveis de dificuldade.
 

Quem pode praticar

 
Não exige pré-requisito, faixa etária, altura e muito menos peso. Qualquer pessoa é capaz de fazer. No entanto é recomendado um curso básico, principalmente para exercitar os esportes que, sem dúvidas, oferecem riscos, que são calculáveis e minimizados quando a pessoa sabe ou tem as noções de segurança para a prática. Os equipamentos para praticar rapel e escalada são quase os mesmos: cadeirinha, mosquetões, fitas, freios (tipo 8 ou ATC), costuras e as cordas, um tipo para cada modalidade -estática para rapel e dinâmica para escalada. Todos devem ser manuseados e guardados com o maior zelo possível pois, durante a prática, é a sua vida que está em jogo. “Costumo dizer que os equipamentos de segurança são mais importantes do que sua namorada”, brinca Philipe.
 
Curtiu? Para mais informações entre em contato com a Friends através do celular 033 9965.3190 (falar com Breno) ou pelo e-mail friendsadventure@hotmail.com.
 
Dê o play para sentir um pouquinho do que essa galera apronta:
 

 
14/11
2014

Esportes Radicais em Valadares

Entra ano, sai ano e a Princesinha do Vale continua, digamos, princesinha. Essa cidade é cheia de energia e respira novidade. Isso porque o valadarense é jovem e tem adrenalina pulsante nas veias. Falou que é esporte radical tem sempre um – dois, três ou mais – pra dar o grito: “Tô dentro!”. Que bom que a mãe natureza não economizou belos lugares propícios às diversas práticas esportivas nessa cidade calorosa (literalmente!).

 

Não é atoa que a cidade é conhecida como a capital do vôo livre, sendo sede para muitos campeonatos nacionais e internacionais. Mas nem só de parapentes e paragliders vive Valadares. É aí que entramos. Pra você entender melhor onde queremos chegar, fizemos uma pesquisa com quem tem intimidade no negócio e vamos te mostrar que quem curte uma aventura radical sempre encontra um lugar ao sol (bastante), na água, terra, ar…

 

A partir de hoje, vamos divulgar uma série de notícias/dicas sobre esportes e, é claro, os lugares preferidos dos aventureiros de plantão. Ciclismo, skate, rapel, canoagem no Rio Doce, slackline…Qual a sua modalidade preferida? Fique de olho porque logo logo ela vai estar aqui. Até o próximo post, nossa primeira aventura.

 
20/10
2014

“Maria-Fumaça” da Praça da Estação

Na parada do trem, lá está ela, no meio da praça, carregada de lembranças e histórias pra contar. Dizem por aí, que a trajetória de Governador Valadares é marcada por duas etapas: antes da ferrovia e depois da sua chegada à cidade. Com grande fortalecimento da economia e o comércio de toda região, a “maria-fumaça” marca o presente relembrando nosso passado.

Por volta do século XX, pelas linhas que ligam à capital mineira ao litoral do Espírito Santo, trilhavam as antigas locomotivas, que traziam na bagagem não só cargas e passageiros, mas sob os trilhos, progresso à Princesinha do Vale.

A Maria-Fumaça  é uma locomotiva de fabricação européia, provavelmente inglesa, do ano de 1.925, construída pela fábrica Filippe Carpenter. Alguns de seus itens tais como a fornalha e a caldeira, porém, foram fabricados em Dusseldorf, na Alemanha.

Como propriedade da Companhia Vale do Rio Doce, a Maria ornamenta a Praça João Paulo Pinheiro, conhecida popularmente como Praça da Estação desde a década de 60. Já nos anos 80 foi doada ao município sendo assim tombada como patrimônio cultural da cidade.

 
03/10
2014

Parque municipal, o novo ponto turístico de Valadares

Aos pés do Ibituruna, as margens do Rio Doce, onde a fauna e a flora prevalecem. Lá está o Parque Municipal, com seus 400 mil metros quadrados totalmente reflorestados. Um espaço de ecoturismo e lazer, onde as famílias passam o dia respirando ar puro e ao mesmo tempo admirando a natureza.

O parque é um novo ponto turístico de Governador Valadares. Uma área voltada não só para o lazer, mas também para a educação ambiental da cidade e região.  Por lá, os visitantes percorrem as trilhas e tem a oportunidade de observar espécies nativas, além de participar de plantios de mudas exclusivas da Mata Atlântica. Ainda são realizadas palestras sobre sustentabilidade e coleta seletiva de lixo, o que contribui para a formação e percepção ambiental para as novas gerações.

Sobre o local

O espaço conta com uma sede administrativa e auditório para 100 pessoas, um Centro de Educação Ambiental, lanchonete e estacionamento. Possui, também, playground e horta medicinal, áreas de recreação, trilhas para caminhadas, equipamentos para a prática de ecoturismo e esportes de aventura, deck flutuante às margens do Rio Doce e uma pista gramada reservada para o pouso de asas-delta e paragliders.

O Parque Municipal de Governador Valadares fica próximo ao bairro Elvamar, aos pés o Ibituruna. Assim que for oficialmente inaugurado, vale a pena levar sua família para conhecer!

 
27/06
2014

Viajar é preciso

Todo dia é a mesma coisa. O relógio desperta às 6h, ele aciona o “soneca”, tentando a falsa ilusão de 5 minutos a mais na cama irão fazer com que acorde disposto e animado para um dia de trabalho. Mas a vida não espera, hora de levantar! Dá um beijo na mulher que também se arrumar para o trabalho e ainda prepara e leva as crianças para escola.
 
A vida de João está bem longe de ser ruim. Tem um bom emprego, família maravilhosa e amigos incríveis que fazem de seus finais de semana sempre animado. Mas há 5 anos ele repete as mesmas funções, todos os dias, nada de NOVO, tudo de-novo.
 
Desde sua lua de mel, João nem sequer chega perto de um aeroporto. Na verdade, há dois anos ele parou o carro no estacionamento de um para esperar o sogro e a sogra que foram fazer uma visita.
 
Se você é, ou conhece algum “João”, aí vai a solução para sua monotonia: viajar é preciso. Programe-se financeiramente, navegue sempre por sites de companhias aéreas em busca de passagens em promoção, conheça lugares novos, saia da rotina. Não há nada melhor para cabeça do que viajar.
 
Aqui em Governador Valadares, opções de lazer não faltam. Você pode conhecer os bares e boates, a gastronomia, ver a cidade de cima, lá do alto da Ibituruna, praticar esportes radicais como o famoso vôo livre, ou mesmo desfrutar do conforto e sofisticação do Ibituruna Center Hotel.
 
Vem pra Valadares!

 
13/06
2014

Santo Antônio, padroeiro de Governador Valadares

Bendito seja Santo Antônio, o padroeiro de nossa Valadares.

 

Mês de junho é tradição rezar a trezena na Catedral da cidade,

com muita festa, comidas típicas e caridade para os mais necessitados.

Louvado seja Santo Antônio, hoje, 13 de junho é seu dia,

feriado em Governador Valadares para celebrar a sua bondade.

 

Ó Santo Casamenteiro, a esperança dos solteiros,

que muitos recorrem em busca de um grande companheiro,

alguns até apelam, colocam sua imagem de ponta cabeça,

na pressa de receber a tão esperada graça da promessa.

 

Bendito seja Santo Antônio, o padroeiro de nossa Valadares.

 

Amém.

 


Dica:

Hoje é o último dia de barraquinha na Catedral de Santo Antônio, a mais tradicional de Governador Valadares. Além de saborear comidas deliciosas, você  ajuda instituições carentes e ainda pode participar do bingo valendo um carro. Não deixe de ir. 🙂

 

 
30/05
2014

Welcome to Valadares!

Seja bem vindo ao Blog do Ibituruna Center Hotel. Espero que tenha feito uma boa viagem. Sinta-se em casa! Este é um espaço para dividirmos as melhores dicas para os viajantes de plantão, assim como você. Primeira vez em Governador Valadares? É uma cidade maravilhosa! Será um prazer compartilhar com você os principais pontos turísticos, bares, baladas e os eventos singulares da cidade.

 

Você gosta de que? Conta pra gente. Assim fica mais fácil. De qualquer forma, vamos fazer o possível para te agradar. Pra começar, vamos a algumas informações importantes sobre a princesa do Vale – apelido carinhoso da nossa Valadares, sabia?

 

Você está em uma cidade com quase 300 mil habitantes do Leste de Minas Gerais. Estamos situados na margem esquerda do Rio Doce, o que te proporciona vistas maravilhosas. Você pode chegar aqui de diversas maneiras: trem, ônibus ou avião, se vier de longe. De qualquer forma, ou até mesmo de carro, você recebe as boas-vindas logo de longe pela nossa amada Ibituruna, principal ponto turístico de Gevê, responsável por sermos a capital mundial do vôo livre. Frequentemente campeonatos são realizados aqui e adoramos receber os pilotos estrangeiros em nosso hotel.

 

Falando em hóspedes ilustres, já tivemos a honra de receber grandes artistas brasileiros e jogadores dos principais times de Minas Gerais. Nosso time Esporte Clube Democrata acabou de ganhar acesso à série A do campeonato Mineiro de futebol. Legal, né?

 

Já falei das festas? Somos craques nisso. Pra quem gosta de axé, Gevê Folia. Curte rock n’ roll? Festa Fantasia. Tem balada para todos os gostos. Ah… Valadares é mesmo uma cidade encantadora! Você irá amar.

 

Quanto ao resto, bom, mais detalhes você precisa voltar sempre aqui porque esse post está chegando ao fim. Tome sua chave, seu quarto é por ali.

 

Boa estadia!

 

Newsletter